Requerimento 023/2020

Informações básicas da Proposição

  • Identificação: REQ-023/2020
  • Tipo da Proposição: Requerimento
  • Assunto: O Vereador que esta subscreve, vem requerer de Vossa Senhoria informações de como melhorar e também sugerir uma solução sobre a disponibilização de soro antiofídico no Pronto Socorro do Hospital Frei Caetano e Maternidade Santa Tereza de Paraisópolis tendo em vista que de acordo com a Lista de Hospitais que realizam atendimento com soroterapia para Acidentes com Animas Peçonhentos (anexo) do Ministério da Saúde ele seria uma referência, mas na realidade não possui o mesmo, no dia 10/04/2020 uma munícipe picada por uma cascavel em casa, ao ser atendida foi encaminhada para Itajubá por falta de soro e chegando lá foi internada na UTI e infelizmente foi a óbito. Considerando que 70 % da população de nosso município mora na zona rural, que temos uma grande área com o plantio de bananas onde há muitas pedreiras, temos muitas pousadas e casas de veraneio, recebendo um afluxo grande de pessoas de hábitos urbanos, todos esses fatores tem aumentado o número de acidentes com cobras, principalmente o gênero crotálus, a cascavel que por relatos empíricos da população tem sido encontrada mais facilmente, até nas áreas antes consideradas regiões frias. Sendo o Pronto Socorro do Hospital Frei Caetano a referência mais próxima e que também atende os municípios de Consolação e Paraisópolis onde também tem um número grande da presença do gênero crotálus e índice de casos de acidentes,deveria ter o soro, como antes tinha, evitando os riscos causados pelo tempo gasto e as dificuldades de transporte inter-hospitalar para os hospitais de referência onde estão ficando o soro e também o risco de familiares levarem esses pacientes diretamente em carros particulares e por nervosismo causarem acidentes. Considerando o e-mail recebido pelo Gestor e Coordenadora de vigilância e enviado como resposta a indagação dessa egrégia casa (anexo) entendemos a situação crítica de distribuição dos soros anticrotálico e olhando os números de ampolas por hospital, entendemos e sugerimos que como a Regional segue uma recomendação da SES-MG, poderia fazer uma melhor distribuição de soro anticrotalis entre os hospitais da região ficando o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, de Pouso Alegre com 25 ampolas, Hospital de Clínicas AISI de Itajubá com 15 ampolas e o Hospital Frei Caetano de Paraisópolis com 10 ampola, seria razoável e logico diante dos argumentos apresentados acima e dos casos de acidentes que vem aumentando nos municípios de Gonçalves, Consolação e Paraisópolis. Também sugerimos um trabalho nesses municípios de levantamento dos casos e campanhas educativas como evitar e como socorrer as vítimas de acidentes com animais peçonhentos, principalmente a cascavel. Aguardamos uma resposta a essa demanda e também estaremos trabalhando junto aos Deputados Estaduais e Federais para uma cobrança junto aos Governos do Estado e da União.

Autoria

Nome do vereador Partido
Luciano Romão Leite PTB

Documentos Anexos e Referenciados

Histórico da Tramitação

Data Andamento
01/07/2020 Proposição apresentada em Plenário
01/07/2020 Proposição aprovada